Movimento "Cansei"

02ago07

Síntese dos dois posts perdidos sobre o movimento “Cansei”:

Muita agitação em torno do movimento “Cansei”, organizado por uma série de grupos de gente rica (jovens empresários da FIESP, um pessoal da OAB, etc.) e liderado por, enfim, aquele apresentador de TV, o João Dória Jr., uma espécie de Amaury Jr. sem graça.

Há grande controvérsia em torno do quão apartidário é o movimento: o Dória diz que é, as reportagens sobre a passeata que eles organizaram sugerem que, decididamente, não é: é um movimento de gente rica contra o Lula. Sobre isso, duas coisas:

1) Não há nada de errado nisso. É perfeitamente possível que alguns problemas que afligem os ricos especialmente – como o risco de sequestros, ou de desastre de avião – também afete os mais pobres, talvez mais indiretamente. Nesses casos, as propostas devem ser julgadas por seus próprios méritos, não pela origem social dos que as propõem. Não tive a impressão de que haja muitas propostas, mas, nesse caso, trata-se apenas de uma passeata de oposição, o que, naturalmente, também é legítimo.

2) Se os ricos querem, por algum motivo que me escapa, ser contra o Lula, fariam melhor em apresentar propostas que sensibilizem os pobres do que em se organizar como grupo de interesse.

O pessoal do cansei está se esforçando para perder a imagem de “golpista”, “elitista”, etc. O presidente da Philips hoje na Folha diz que se o Lula quiser entrar, será bem-vindo. Agora, discordo do seguinte:

” Se tivesse proposta seria um movimento partidário. Como não é partidário não pode ter proposta.”

Digamos, por exemplo, que eu lance um movimento para regularizar a propriedade dos favelados (como propõe o De Soto). Eleitores do PT poderiam apoiar porque ajuda os pobres, eleitores do [espaço para ser preenchido com o nome do partido consistente defensor do capitalismo que ainda não existe] podem ficar contentes com a potencialização do capitalismo na base. O movimento teria gente de vários partidos, mas se pautaria por uma proposta concreta. Um movimento que propusesse medidas contra a corrupção, por exemplo, poderia facilmente atrair gente de várias simpatias partidárias.

O presidente da Philips argumenta que o movimento quer propor uma reflexão. Reflexão se propõe começando-a, oferecendo uma proposta para a discussão.

PS: ô nomezinho besta pra movimento.

PS2: a imagem que eu queria colocar, mas não consegui (e acabei apagando tudo por engano) era a charge do Angeli na Folha.

Anúncios


No Responses Yet to “Movimento "Cansei"”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: