Ciro Gomes

24ago07

Deu na Folha de ontem: Lula, em discussão com governadores do PT, disse que o partido não deve se fechar para a possibilidade de apoiar um candidato de outro partido da base, como Ciro Gomes.

Não há dúvida de que Ciro é o candidato mais forte à sucessão de Lula junto ao eleitorado. Marta está na descendente, Palocci, Mercadante e Genoíno dançaram durante a crise política. Dilma é uma possibilidade, mas não tem nome junto à população, ainda.

Mas uma candidatura Ciro traria um desafio interessante. Em 98 e 2002, Ciro, que antes se elegera pelo PSDB, tentava tirar votos do PT, e assim abrir um flanco à centro-esquerda para brigar com os tucanos. Se for candidato com o apoio do PT, entra em uma disputa direta com PFL/PSDB, e precisaria se mover de novo para o centro, sem, entretanto, desmobilizar a militância petista, provavelmente desconfiada de um candidato de fora do PT.

É um equilibrismo difícil, mas possível. O que Ciro deve evitar a qualquer custo é se deixar caracterizar como candidato da esquerda tradicional (PDT, parte do PSB, essas coisas). Não ganharia o PT e perderia o centro.

Lembremos que Ciro concorrerá contra Aécio, faixa-preta de primeira, que certamente vai saber roubar eleitores à esquerda quando precisar, até porque não entrou na facção mais raivosa da oposição durante a crise política. Se o candidato do PSDB for Serra, a situação é mais fácil.

A propósito: qualquer que seja o candidato do governo, suas chances começam a se estabelecer na próxima eleição para prefeito, quando o PT tem sua grande chance de se reconstruir em São Paulo antes da eleição presidencial de 2010.

Anúncios


3 Responses to “Ciro Gomes”

  1. 1 Felipe Basto

    Ciro, ou quem que que seja o candidato oficial, não vai concorrer com Aécio, mas com Serra. Aécio não encarna o tipo de oposição firme que os partidos de direita (DEM,PR,PP e parte do PMDB)querem para formar uma frente. O governador de Minas costuma evitar atritos e é um interlocutor do Planalto.
    Eu aposto que ele vai para o Senado, e ocupa a presidência da casa com um discurso moralizante pós-Renan. Nessa posição, ele seria o grande fiador do próxímo mandato, além de montar uma bela base de apoios em 2012

  2. 2 napraticaateoriaeoutra

    Felipe, sua análise faz muito sentido. De fato, o clima na oposição está mais para Serra, para um negócio mais agressivo. Agora, corre o risco dos caras escolherem quem eles acham mais de acordo com suas frustrações e deixar de lado um cara com muito mais chances de sucesso eleitoral.

    Aliás, talvez a escolha entre Aécio e Serra marque também a decisão sobre o futuro da aliança do PSDB e do PFL.

  3. 3 Felipe Basto

    O Aécio tem uns telhados de vidro:
    É solteiro e com fama, justa, de “pegador”. Para um eleitorado conservador isso conta.Ainda tem muita gente que não aceitaria um presidente playboy com garconiere na Av. Atlântica.
    Faz políticas sociais de distribuição de grana, como a que você citou no outro post, então muita gente pode preferir o candidato do governo, que vende a idéia de pai dessas coisas, o original.
    O Aécio fez corpo mole tanto na campanha do Serra quanto, principalmente, na do Alkmim. Ele sabia que era jogo perdido. Muita gente no PSDB não confia muito nele e pode dar o troco.
    Além disso, ele é mineiro e aprendeu com o avô o quanto vale ser paciente e controlar os bastidores. É jovem, tem tempo. Fica em evidência por 8 anos no Senado, e sente o clima em 2014 ou 2018.
    Minha aposta é o Serra.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: