Um Argumento Conservador em defesa do PT, com ressalvas

02set07

O argumento é conservador no seguinte sentido: partimos do princípio de que a idéia básica do conservadorismo é que construir é difícil, quebrar é fácil. No momento em que o PT atravessa a maior crise de sua história, é tentador pensar em mandar tudo aquilo às favas e começar de novo. Entretanto, argumentarei que isso seria uma má idéia.

O PT é o primeiro partido brasileiro propriamente de massas. Foi construído com muito sacrifício com base em pequenas movimentações moleculares: associações de moradores de favela , sindicatos, grupos católicos de esquerda, uma parte do movimento estudantil, antigos grupos de extrema-esquerda que faziam oposição à ditadura militar. Foi, indiscutivelmente, construído de baixo para cima, o que nunca havia acontecido no Brasil.

Chamemos essa rede de movimentos sociais de “movimento PT”, por falta de nome melhor. Acredito que esse movimento é a única esperança de uma esquerda democrática no Brasil. Ao contrário do PCB, que era uma idéia ruim para começo de conversa (visto que o bolchevismo foi uma tragédia), o PT é um patrimônio brasileiro ainda sub-explorado, visto que sua conversão à social-democracia ainda é imperfeita. No horizonte atual, não vejo qualquer alternativa para a esquerda brasileira fora da inglória tarefa de reformar o PT.

Primeira ressalva: isso não tem nada a ver com a escolha do candidato a presidente na próxima eleição. É perfeitamente possível que a melhor idéia seja lançar um nome de outro partido. Não é disso que estou falando.

Se você concorda com isso, a prioridade é discutir com os formadores de opinião petistas. Enquanto intelectuais e jornalistas petistas ou simpatizantes ainda tiverem opiniões de esquerda atrasadas, o militante de base não vai se mexer, pois confia nesses quadros. Por outro lado, enquanto a oposição dentro do PT não deixar de ser radical, o mesmo grupo político (que, bem ou mal, é ideologicamente mais aberto) continuará no poder, não importa quantas besteiras faça.

Segunda  ressalva: eventualmente, se não houver renovação de idéias e de quadros, o movimento começará a se desestruturar espontaneamente. Aí será a hora de abandonar o projeto.

Anúncios


No Responses Yet to “Um Argumento Conservador em defesa do PT, com ressalvas”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: