Castañeda deda Chávez

12dez07

O Jorge Castañeda, que escreveu uma biografia do Che e um famoso livro sobre a esquerda latino-americana (“A Utopia Desarmada”, normalmente lido como um manifesto pela esquerda moderada na América Latina), escreve na Newsweek que, após o resultado do plebiscito sobre a reforma constitucional, Chávez teve com os chefes das Forças Armadas uma discussão que resumiríamos no seguinte:

CHÁVEZ: Ó, não vou aceitar o resultado, não.

MILICOS: Vai, sim.

CHÁVEZ: Ah, é, vou.

Segundo a reportagem, Chávez ainda exigiu que a margem da derrota fosse reduzida no resultado oficial, para ele não sair tão feio.

Bom, não sei se é verdade, mas o Castañeda costuma ser sério.

Que bonito.

(hat tip: Daniel Drezner)

Anúncios


No Responses Yet to “Castañeda deda Chávez”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: