Iowa: Democratas

04jan08

Minhas impressões dos resultados das primárias democratas americanas de ontem:

1 – Obama tinha que ganhar e ganhou, se perdesse começaria a desinflar, como talvez aconteça com Edwards, já que ninguém acredita que Hillary não vai ser uma concorrente forte até o fim. Vale repetir: Obama ganhou em um Estado que é 93%  branco. Como disse o comentarista da CNN, para achar mais branco você precisa ir ao Pólo Norte. Uma das sacadas do Obama foi jogar a carta racial de maneira não divisiva: vejam vocês, aqui, brancos do Iowa, que País maravilhoso nós construímos. até eu, filho de africano, posso ir para Harvard e ser presidente. E, é claro, há a ênfase em diminuir a polarização em nível nacional, vinda do único cara com chance de ganhar que era contra a guerra desde o início, para quem seria fácil detonar os que apoiaram. Fácil e idiota.

O discurso de Obama comemorando a vitória foi considerado ótimo pelos comentaristas, mas eu já vi ele fazer melhor. O tom de voz estava perfeitamente presidencial, o único candidato que soou assim de ambos os lados, mas as idéias ficaram um pouco desarticuladas. A ênfase no “começou aqui hoje, daqui a muitos anos lembraremos que começou hoje” ficou bonita, a referência ao 11 de Setembro (“Não um negócio para assustar as pessoas, mas um ponto em torno do qual podemos nos unir”) foi bem bolada e precisa. A partir de um certo ponto, parecia cansado.

2 – Edwards pode achar que se deu bem por ganhar de Hillary por uma pequena margem, mas ele precisava ter ganho a prévia, porque a disputa é para ser adversário da Hillary, e ele perdeu para o Obama. No discurso depois não parabenizou o Obama, coisa feia (como bem notou o RDC em um comentário abaixo). Mas foi um discurso muito competente, com todas aquelas histórias tocantes sobre o pessoal sem seguro-saúde, mais umas besteiras sobre empregos perdidos para o estrangeiro, que, infelizmente, funcionam. É político de primeira divisão.

3 – Hillary foi mal, mesmo, mas não por terminar em terceiro (na verdade, empatada com o Edwards até o finalzinho), afinal, o marido dela também perdeu Iowa na sua época. Foi mal porque toda uma estratégia, que deve ter dado um trabalho miserável, deu errado ontem: energizar a base democrata, apelar para a memória da era Clinton, parecer destinada à coroação presidencial (soa arrogante).

No discurso, uma diferença marcante com o Obama. Obama agradeceu aos democratas, independentes e republicanos que participaram do processo (e que, supomos, ele espera que votem nele). Hillary agradeceu aos democratas, deu uma vacilada para agradecer aos independentes, e só depois agradeceu aos republicanos “que viram a luz”. Ficou engraçado, mas é para energizar a base, é divisivo. É como se o Aécio concorresse no Brasil dizendo, “se você votou no Lula e quer parar de fazer merda, vote em mim”.

Claro, a dona também é faixa-preta, o discurso foi muito bom. Mas, como disse uma comentarista (acho que da CNN, talvez da Fox, estava com sono mudando de canal), as pessoas saem do discurso do Obama inspiradas, e saem do discurso da Hillary pensando “pô, como ela é inteligente”, se for sempre assim o Obama leva de lavada. 

Agora, catástrofe total, que justifica demissão da equipe de campanha, foi o background (desculpe, Aldo) do discurso da Hillary. O primeiro-cavalheiro, a ex-secretária de Estado, um monte de velhinhos, todos parecendo que compareciam a um enterro, dando uma impressão de desânimo imperdoável. Pareciam Serra e Aécio nos comícios do Alckmin no segundo turno.

Anúncios


No Responses Yet to “Iowa: Democratas”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: