Censurado na maior

30maio08

Como vocês já devem ter visto, o banner do Gabeira aí do lado foi censurado por algum sujeito no TRE-RJ que, evidentemente, não tem problema de falta de tempo livre.

Enquanto isso, os cabos eleitorais tradicionais estão já correndo cidade do interior distribuindo ticket do leite, cadeira de rodas, emprego público. A Veja está fazendo campanha eleitoral contra o PT, a Carta Capital está fazendo a favor. O governo está fazendo comício em inauguração de obra, a oposição barra legislação necessária no congresso só para impor derrotas ao governo em ano eleitoral. O César Maia edita um boletim diário que é um diário de campanha de Solange Amaral, e está beleza. O Crivella deve estar correndo Igreja há um ano, e está beleza.

O que não pode é o meu blog de 100 e poucos acessos por dia declarar apoio a candidato antes de uma data na qual receberemos notícias realmente surpreendentes: saberemos que Marta, Kassab e Alckmin serão candidatos a prefeito de SP. Vocês não vão acreditar, mas minhas fontes me garantem que Gabeira, Crivella e Molon serão candidatos no Rio. Mal posso esperar esse dia miraculoso, em que as surpresas jorrarão como tratados de filosofia da boca do Rodrigo Maia, e eu poderei me arrepender de ter estragado a surpresa para meus 100 e poucos leitores diários.



10 Responses to “Censurado na maior”

  1. 1 Igor Taam

    Viva a democracia!

  2. 2 André

    Mas se o TRF não fizer isto com o seu humilde banner do Gabeira, como ele justificará sua estrutura de gastos em épocas onde não existem eleições? Isto é Keynes, meu caro…

    Abraços,

  3. 3 fabio

    Professor NaPrática, primeiro a minha solidariedade.
    Segundo, lembrei daquela historinha do passarinho que estava congelando, a vaca cagou em cima dele, ele ficou tão feliz com o calor que começou a cantar, então veio um gato e o comeu. Pois é, por paradoxal que seja, nem sempre quem te tira da merda quer o seu bem.
    Terceiro, lembrei também daquela historinha do Pastor com os nazistas – lembra? aquela que termina assim: “Então, quando vieram me buscar… Já não restava ninguém para protestar.”
    Ainda bem que os tempos mudaram, como notou o Gabeira. Cito a Folha: “Ironicamente, nós avançamos. Já não se fazem atentados físicos, mas, agora, se trata mais de atingir a reputação política.” Veja que ele está sendo conceitualmente perfeito: ainda temos arbítrio, o abuso, mas ele não se dá na forma de restrição ou eliminação física – come-se poucos dedos em sentido literal.
    Que a justiça, a eleitoral em particular, tornou-se uma fonte crescente de abusos é inegável. Cito exemplos:

    1. sobre um suposto “dossiê Serra”, no Congresso em foco:
    Lula pode ter candidatura cassada, diz Marco Aurélio
    “Há um instrumental na Constituição, a ação de impugnação ao mandato alcançado, que alcança qualquer cidadão que detenha um mandato, pouco importando que seja o presidente da República”, disse o ministro. Marco Aurélio disse que as investigações não devem ser concluídas antes das eleições e, por causa disso, o processo eleitoral Uma grande vantagem do mundo contemporâneo – e da internet: as vítimas nunca se calam. Note que podem proibir o seu banner, mas não podem te impedir de reclamar.

    2. Sobre um documento sigiloso (ai, Palocci…), na Folha
    29/09/2006 – 19h31 – TSE nega pedido do PT e permite fotos de dinheiro do dossiê

    3. Sobre um suposto adiamento da posse, ainda na Folha:
    05/12/2006 – 20h52: TSE diz que posse de Lula pode ser adiada
    Brasília, 5 dez (EFE).- O presidente do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE), Marco Aurélio Mello, disse hoje que existe a possibilidade de que a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja adiada, caso irregularidades nas contas de sua campanha não sejam esclarecidas.

    4. Sobre um suposto grampo do TSE, no Globo:
    “Agora podemos concluir que continuamos no grande âmbito do faz-de-contas. Faz de conta que não houve grampo. O importante é que as instituições funcionem e que tudo que possa implicar desvio de conduta venha à tona porque só assim teremos dias melhores – disse.”

    Aliás, ironia do destino, foi justamente alimentando esses abusos do TSE que o Gabeira concluiu o seu raciocínio, na primeira citação: “Ironicamente, nós avançamos. Já não se fazem atentados físicos, mas, agora, se trata mais de atingir a reputação política.Aquele episódio [o atentado contra Lacerda] está para Getúlio Vargas assim como este [a compra do dossiê] está para Lula. Há pessoas da intimidade do presidente, praticamente da cozinha do Palácio, envolvidas”, destacou Gabeira.”

    Então, como bem disse o Gabeira, o arbítrio continua existindo, e, como ele concluiu, o arbítrio não consegue eliminar as suas vítimas, que continuam reclamando.

    Alvíssaras, NaPrática, que o Gabeira está certo!

  4. É, essa comparação com o atentado na Toneleros foi uma merda, mesmo.

  5. 5 Fábio (só pra confundir)

    Porra, NTPO… uma declaração espontânea de apoio não é campanha eleitoral. Campanha eleitoral seria o Gabeira te dar dinheiro (ou comer seu cu) pra você colocar esse troço no blog. Tipo o governo faz com os blogueiros chapa branca. Que ridículo! Minha solidariedade.

  6. 6 Fábio (só pra confundir)

    Por falar em blogueiros chapa branca lembrei da Veja. Segundo o ODC a Veja é uma “revista de ESQUERDA que não gosta do PT”!

  7. 7 fabio

    Os filhos do Marco Aurélio de Mello
    e do Gabeira
    em sua eterna luta
    contra o mensalão:

    RJ
    “Essa polêmica recorrente foi levantada novamente pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, que promete negar o registro de candidaturas para políticos que tenha ficha corrida na Justiça.”

    ES
    “O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), desembargador Manoel Alves Rabelo, afirmou, nessa quarta-feira (7) que a recomendação aos juízes eleitorais é de exame minucioso na ficha criminal dos candidatos que participarão das próximas eleições. Segundo o desembargador, o poder de deferir ou não uma candidatura fica sob o controle dos juízes eleitorais.
    Ele ressalta, no entanto, que a recomendação do TRE-ES é de que examine todos os aspectos da vida dos candidatos minuciosamente. “Se o juiz vai ou não indeferir, vai depender da cabeça de cada juiz e da interpretação de cada um. Ele tem autonomia para isso. Mas nós acreditamos que eles irão fazer, já que esse é o nosso recado”.”

    MG
    “Detalhando. Se o juiz Habib Jabour optou por não conceder entrevista no retorno da capital, seu colega Lúcio Brito detalhou os acontecimentos. Conforme disse à reportagem, realmente o mandatário máximo da Justiça Eleitoral em Minas os alertou para nova tendência a ser assumida que deve deixar muitos políticos fora da disputa eleitoral. “De fato ouvimos do presidente do TRE posição da jurisprudência que não prevalece mais entendimento de outrora de que, não havendo sentença condenatória transitada em julgado, pelo princípio da inocência, o candidato não poderia ter o seu registro de candidatura indeferido”, disse, explicando que agora será diferente. “Em nome da moralidade e da ética no trato do bem público, aquele que se prontificar a ocupar um cargo público não pode estar sequer respondendo a processo criminal. Isto quer dizer que todo aquele que estiver nesta situação está passível de ter o registro de candidatura impugnado e indeferido pela Justiça Eleitoral, não podendo ser candidato.”

  8. 8 fabio

    Ô NaPrática, surgiu uma dúvida:

    hoje eu fui conhecer o tal do Pedro Dória, o gabeirista.
    Tentando entendender essa história de TRE, me deparei com isso, na primeira mensagem dele sobre censura:

    “Hoje, o deputado foi intimado por conta do banner que este e outros blogs publicam em apoio a sua candidatura. O TRE-RJ exige que seja retirado do ar. Em caso contrário, corre o risco de ter sua candidatura cassada.”

    Ele tá falando sério? O Gabeira é que foi intimado, não vocês? Se for isso me avisa, NaPrática, que então eu vou criar o blog vote.no.gabeira.para.prefeito.do.rio.2008.wordpress.com, vou encher de banner e o Gabeira pode até pedir de joelhos que eu não apago. Aí, das duas uma: ou desmoraliza logo esse TRE ou o Gabeira aprende que ao agredir a democracia, os direitos fundamentais, perdem todos, ele inclusive.

    Abração

  9. 9 votenogabeiraprefeito2008

    Pô, NaPrática, foi preso?
    Confere lá: http://votegabeiraprefeito2008.wordpress.com/


  1. 1 democracia estupiniquim «

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: