PMDB do Rio

09jun08

O bom do PMDB é que ele faz qualquer outro partido parecer organizado. Senão, vejamos: o Sérgio Cabral, governador do PMDB, havia declarado apoio ao Molon, do PT, o que foi meio que um problema, por que ele antes tinha prometido apoiar o Eduardo Paes, desde que ele saísse do PSDB, o que ele fez. Mas eis que, desde Setembro, o PMDB já havia se comprometido a apoiar o PFL do César Maia. Se bem entendi a última notícia, tudo isso foi revogado ao mesmo tempo, o que levou o jair Picciani (ex-presidente da Alerj) a dizer: o importante é que o PMDB sai dessa unido. Ah, bom.

Mas, pra não dizer que o PMDB fluminense não decidiu nada, saiu uma declaração de apoio ao Garotinho. Aliás, para a turma da direção do PT que achou uma boa apoiar Garotinho em 1998, agora que o sujeito foi crucial para dinamitar a aliança no Rio, fica a velha lição: cría cuervos, etc.



5 Responses to “PMDB do Rio”

  1. Claro, porque o PT é um exemplo de organização, e não tem nada a ver com a casa da sogra do Lula!

  2. Grande Amiano! Bom, não anda mesmo aquelas coisas, mas comparado ao partido do Garotinho/Picciani, é um partido escandinavo! Como aliás, quase todos os outros.

    Certo, talvez, enquanto partido escandinavo, esteja mais para o partido dos bebedores de cerveja (ainda tem isso?) do que para a Social-Democracia, mas o PMDB mataria para ser o partido dos bebedores de cerveja. Se fosse, o candidato no Rio seria o Marcelo Alencar.

  3. 3 Felipe Basto

    A aliança melou porque o PT não fechou acordo no estado todo, faltaram trÊs cidades onde a cabeça de chapa teria que ser do PMDB:Resende,Magé e uma outra. De certa forma, o partido fica unido no estado.
    Aqui em Barra Mansa tinha uma situação interessante. Os dois lideres do partido no estado estavam fugindo do candidato. O Cabral declarou apoio a Ines Pandeló dep. estadual do PT e o Garotinho apoiava o picareta e vereador Ademir Mello do PSDB. O prefeito daqui, sr. Roosevelt Brasil (sic), é do PMDB e um dos mais impopulares que eu já vi.

  4. 4 Igor

    Olha, os suecos que eu conheço vão à Alemanha beber cerveja nos finais de semana, um partido defendendo seus direitos vem a calhar. A indústria cervejeira da Suécia é uma das mais taxadas e reguladas no mundo.

    Voltando ao assunto de fato, o PMDB, alguém esperava outra coisa de um partido que reúne entre os líderes regionais Picciani, Garotinho, Sergio Cabral, Rosinha, Moreira, Conde e, para sacanear, Pudim? Mas o partido do Babu e da Bené não faz muito mais bonito, não.

  5. Pô Igor, eu passo um tempão expilcando pra minha esposa que a política no Brasil é uma coisa séria, e você me mete numa mesma frase os nomes “Garotinho”, “Rosinha”, “Conde”, “Pudim”, “Babu” e “Bené”!? Assim não tem como Me convencer de nada…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: