Eleição no Rio

12jul08

Por enquanto, só quem apareceu foram Solange e Jandira, por causa do debate sobre o aborto. Crivella ainda lambendo as feridas depois do crime da Providência, mas ainda fechando nos bairros pobres (Zona Norte + Zona Oeste = 80% do eleitorado). Ao contrário do que sugere o Fábio Reis aí nos comentários, o Globo está bem mais para a Solange do que para Gabeira (é só ver a edição impressa).

Primeira impressão: a candidatura Eduardo Paes foi péssima para o Gabeira. Boa parte do eleitorado tucano deve ficar com o Eduardo Paes, que, vejam como são as coisas, se anuncia como o único candidato apoiado por Cabral e Lula. Minha impressão é que a campanha do Gabeira começou mal, sem eixo. Não deveria ter passado o primeiro dia em Ipanema andando de segueway, deveria ter ido pra Bangu falar de bilhete único. Não é eleição para prefeito da Zona Sul. Nos dias que se seguiram, houve uma correção de rumo, mas se continuar sem entrar na Zona Oeste – isto é, sem apresentar propostas específicas para a Zona Oeste – não adianta nem começar.

Molon foi o único candidato, fora Solange, que não falou de Lula no primeiro dia. Percebeu claramente que a direção nacional, como sempre faz, jogou o PT do RIo em frente do ônibus. Aparece bem na TV, bem melhor que os outros candidatos, o que é importante, e conhece bem melhor a cidade do que os outros caras. Agora, está obviamente órfão é completamente sem dinheiro. Está esperando Jandira fazer alguma besteira para tentar a ultrapassagem.

Em uma eleição em que o adversário é bispo da Universal, seria uma boa mobilizar o voto católico, certo? Molon sempre foi forte com a turma do da Igreja, e, se não me engano, é inclusive amigo do Padre Zeca. Jandira, por outro lado, ganhou o troféu “Rodrigo Maia, estrategista” 2006 pela sua idéia de processar o bispo, o que explica porque não estamos aqui falando da SENADORA Jandira. Duvido que Jandira me apronte uma dessas esse ano, mas Molon está esperando o rebote, que não tem como ser pego pelo Gabeira ou pelo Chico.

Chico Alencar, aliás, está ganhando muito mais visibilidade do que sua campanha até agora justificaria, mas é evidente que está sem um puto. Acompanhando a agenda do cara pelo Globo, calculo que ele ainda não tenha feito nada que tenha custado nada digno de nota. Lançar a campanha dando aula de história? Tá sem grana, mesmo.

Eu acho a Solange muito fraca, mas posso estar errado. Até agora, quem faz campanha pra ela é só a mídia. César Maia podia ter lançado alguém mais forte.



No Responses Yet to “Eleição no Rio”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: