Dotô!

20set08

Contrariando todas as normas do bom senso, a Universidade de Oxford acaba de me dar o título de doutor! Depois boto mais detalhes aí pra vocês, apesar do fato óbvio de que isso náo os interessará em nada. Mas, enfim.

Aproveito para agradecer aos meus chapas todos que lêem o blog, e aos novos amigos que fiz (muitos dos quais jamais vi) fazendo o NPTO. Eu comecei a escrever isso aqui justamente na época em que estava com a maior cara de que o DPhil ia dar errado, e as conversas com vocês foram importantes (mesmo!) para manter minha mente afiada nas longas esperas por resposta que tanto me encheram o saco na fase final do negócio. Vocês me deram o único tipo de apoio que interessa, que é o apoio que você recebe enquanto ainda não merece totalmente.

Beberei com vários de vocês a isso, mas para os que moram longe, peço que tomem um chope para comemorar. Quer dizer, cês já iam tomar chope, mesmo, aproveitem e dediquem a nona rodada ao meu doutorado.

E agradecimento especial a Amiano Marcelino, que não só tomava café comigo todo dia enquanto eu fazia essa budega (dirão vocês: tu não devia estar estudando?), mas também me deu a idéia de fazer um blog, e me aconselhou a não investir minha poupança em títulos garantidos por hipotecas subprime. Enfim, a grande mensagem de NPTO é: façam o que Amiano Marcelino disser.

Valeu, galera!

Amiano, em homenagem a sua grande amizade, não postarei suas fotos na casa de anão, nem colocarei crase no a no começo dessa frase, porque esqueci e agora estou com preguiça de voltar lá para fazer isso.



15 Responses to “Dotô!”

  1. Salve meu querido!!!

    Nâo, Oxford não errou. De jeito nenhum! É isso mesmo. Pude ver todo seu esforço para sair de Campinas (que realmente tinha ficado pequena para você) e ir para a Inglaterra.

    Só posso dizer duas coisas:
    Justo.
    Merecido.

    Grande abraço do Renato!

    PS – estou com webcam aqui em Belém. Mande notícias para uma conversa em tempo real. Abraços!

  2. Prezado Caro Dr. Dr. NPTO,
    meus parabéns,
    vtYojr

  3. 3 Felipe Basto

    Parabéns, DRNPTO! A cerva já tá no copo!

  4. 4 Igor T.

    É, Dr., valeu a luta, as idas e vindas. Pelas experiências, você deve ter vivido o equivalente a 20 vidas nesse período, e ainda enriquecendo a de todos que conhecia no caminho. Tive sorte de ser um deles. Parabéns! Abração, cara!

  5. 5 claudio ladeira

    Parabéns doutor, mais um médico no mundo! Ou será delegado? Brincadeira, de verdade. Especialmente pela “fase final do negócio”, que é um diabo ruinzão de enfrentar. Considere os chops devidamente brindados e bebidos.
    Bem, proposta de emprego não faltará. Pense bem: rubro-negro com doutorado em Oxford,um dos melhores centros de pesquisa do planeta, no mínimo rola convite pra dar aulas em LIVERPOOL!!!!

  6. Parabéns, mestre! Quer dizer, doutor! PQP! Cara, foi foda, mas sobrevivemos – e vencemos! Acho que César disse algo sobre isso: Vim, vi, comi o pão que o diabo amassou, financiei o Starbucks por 4 anos, e venci!!! Falando sério mesmo, não encontrei ninguém em Oxford (ou nos outros buracos em que me emti depois disso) que faça mais justiça à condição de doutor por Oxford. Parabéns mesmo, e em comemoração vou tomar um café lá no bar agora!

  7. Ps: em homenagem à sua grande amizade, e ao fato de você estar cobrando um preço cara pela chantagem, as fotos já estão linkadas lá no blog…🙂

  8. Parabéns!
    Um abraço,
    Marcos

  9. 9 Alex-PC

    Grande!
    Que boa notícia, Celso. Já não era sem tempo né? Como foi que vc recebeu a notícia?
    Eu me lembro que quando estive no Rio, em 2006, era isso? vc já me falava que havia deixado a tese pronta e só aguardando. Foi aquele texto ou outro, com modificações?
    Bem, de qualquer forma, acho que todo esforço tem sido mais do que recompensado!
    Grande abraço!

  10. Cara, mandei uma mensagem para ti logo que soube de sua aprovação. Ela estava esperando um ok da moderação. Por algum motivo, não saiu. Reenvio a mensagem. Não vai sair igual, porque escrevi a anterior no calor da hora. Mas la vai assim mesmo:

    Caríssimo

    Parabens! Oxford não errou, de jeito nenhum!

    Mesmo que indiretamente tenho acompanhado seu esforço, desde Campinas, que ficou pequena para você. Aliás, a universidade brasileira tinha ficado pequena para você.

    Estou aqui tomando um vinho em sua homenagem. Mais do feliz, e enternecido, orgulhoso mesmo, só posso dizer duas palavras que definem essa titulação:

    Justa.

    Merecidíssima.

    Um enorme abraço do
    Renato!!!

  11. 11 Márcia Vicari

    DOUTOR Na Prática,
    Congratulations!

  12. 12 André

    Finalmente esses viadinhos pararam de frescurite e te deram o título de dotô. Não vá virar você um viadinho também só pq agora é dotô, viu, ô flamenguista de uma figa?

    Falando sério, parabéns cara. Você merece de verdade esse título de doutor!

    Abraços

  13. Valeu, galera! Essa caixa de comentários eu vou imprimir, porque aqui estão vários dos melhores amigos que eu já tive, desde as maluquices de adolescência (grande Felipe, o artista anteriormente conhecido como Téo!), passando pela faculdade (Alex e Renato, lendas vivas), o exílio na alma mater do Mr. Bean (vossa eminência Amiano Marcelino), o desemprego na volta ao Brasil (Grande Igor, único sujeito que teve saco pra virar meu amigo na época mais mal humorada da minha vida, e que espero que não deixe de ser agora que ficarei marginalmente menos mal humorado), o novo emprego com esse bando de malucos gente boa inteligentes pra cacete (André, Márcia, vtYorj), e a blogosfera, incluindo a celebridade Marcos Matamoros e o Cláudio, nova aquisição da caixa de comentários (não perca o curso: Introduction to Nunes 101, a ser ministrado aos alunos de Liverpool em um curso de férias em Tóquio).

    Sinceramente, obrigado, mesmo.

    Bom, agora chega de viadagem, de volta ao trabalho.

  14. 14 Japajato

    E nem precisou daquela sabotgem no LHC pra que o mundo não acabasse antes de sair o resultado…peraí, eu disse sabotagem? Queria dizer “temporâneo mal-funcionamento”.

    Parabéns, cara, você merece *mesmo*🙂

  15. 15 Fábio

    In Sampa dwells Mystery NPTO, there is his secret place
    From thence he comes forth on the churches in delight
    There is his Mind fill’d with its poisons, in those horrid streets
    Printed on his scarlet Dimploma woven in pestilence & war:
    “Here is Reason bound in chains, in the Dens of Oxfordshire”!

    huahuahuaha não resisti, meu chapa! Vou brindar à sua conquista com suco de uva, na companhia de um bando de monges beneditinos enquanto leio um quê mais de Humberto Eco! (ah… a paráfrase acima é em cima do Blake)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: