Eleição 2008: Marta Suplicy

06out08

Kassab conseguiu chegar na frente de Marta, embora a diferença tenha sido bem menor do que parecia ontem à noite. Na prática, empataram, com a diferença que Kassab tem um aliado com23% para transferir-lhe votos. Ou seja, não ficou tão mais difícil para a Marta, mas já era difícil.

Entretanto, cuidado com esse negócio de onda com candidato desconhecido. Alckmin teve uma onda espetacular no final do primeiro turno da eleição presidencial, mas desperdiçou a chance de se fazer conhecer e terminou com menos no segundo turno.

O PSDB não vai fazer isso de novo. Mas Kassab tem pontos fracos evidentes, a começar por ter sido secretário da pior gestão da história da cidade. A comparação entre gestões tem tudo para favorecer Marta, bem como a de trajetórias: afinal, PT e PSDB estiveram juntos contra a turma do Kassab várias vezes, e isso tem que aparecer na campanha eleitoral todo dia., se preciso, enfatizando a rivalidade Serra vs. Covas.

Parte da onda foi transferência do Maluf que já iria acontecer no segundo turno, mesmo. A parte preocupante foi o crescimento de Kassab em áreas em que Marta deveria ter ganho mais fácil. Isso tem que ser revertido, senão o jogo nem começa. É preciso botar os vereadores populares no trabalho diário nesses lugares.

Mas não é só questão de estratégia, é questão de conteúdo: Marta precisa incorporar pontos do programa que agradam o eleitorado tucano,e, se for possível, dividir cargos na gestão. O que, aliás, o PT poderia ter feito faz muito tempo.

Marta não receberá nenhum apoio de candidato derrotado. Precisa convencer os eleitores desses candidatos a não fazerem o que seus escolhidos pedem. Dá pra fazer, já aconteceu várias vezes.

Marta também contará com mídia profundamente hostil nos próximos dias. O caso da Folha, que deu manchete ao fato de que Marta não declarou uma empresa à Receita (a empresa estava fechada fazia décadas, e tinha valor atual de, se não me engano, 500 cruzados), é emblemático.

Dá para desinflar Kassab e diminuir o entusiasmo dos seus potenciais eleitores tucanos. Daí em diante, e se chegarmos aí, é ganhar ou perder nos mínimos detalhes.

E é uma boa chance do PT paulista se reinventar.

Anúncios


No Responses Yet to “Eleição 2008: Marta Suplicy”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: