Eleições 2008: Não, Soninha, não…

21out08

                

O PPS apoiou a Soninha, todo mundo sabia que ia apoiar. Não sei se a Soninha concorreu só para ser linha auxiliar do PFL; não a conheço, e dou-lhe o crédito. Agora, conheço o PPS da época do movimento estudantil, conheço como conheço as ruas do Rio em que não se deve passar de noite. E tenho a mais absoluta certeza de que o PPS lançou Soninha para servir de linha auxiliar de Kassab.

Não vou crucificar a Soninha, com quem inclusive concordo muito mais do que discordo em questões substantivas (aliás, gosto do fato dela apoiar o Gabeira no Rio; e não gosto do apoio do PPS, que me incomoda muito mais do que o PSDB). Espero que ela ainda tenha uma carreira política brilhante.

Agora, isso aqui eu não aguento:

Mas, por incrível que pareça, eu vejo hoje o Kassab resistindo mais a entregar os anéis, os dedos e os ossos da mão aos aliados do que a Marta. Menos disposto a fazer qualquer concessão em troca de apoio.

PELO AMOR DE DEUS: Kassab vai ganhar de Marta porque conseguiu o apoio de Quércia. Isso lhe deu o tempo de TV suficiente para derrotar Alckmin e recolher seu apoio no segundo turno. Quércia ofereceu seu apoio aos dois partidos, e ficou com Kassab justamente porque o PT teve problemas em fechar uma aliança com Quércia; a direção queria, mas explicar para a base seria difícil, e Quércia queria ser o único candidato ao senado da coligação. O PT vacilou em aceitar isso, Kassab, não (e sacrificou a candidatura do melhor quadro do PFL em São Paulo, o Afif).

 

Entendo perfeitamente que Soninha tenha repulsa por várias alianças que o PT fez. Eu também tenho. Agora, essa turma com quem seu partido (que é um nada em São Paulo sem usar sua imagem) é exatamente a pior turma com quem o PT já vez aliança: é a turma do Maluf, do PItta, do Quércia, é o PTB. 

 

A aliança a que Soninha, por mais que diga que não, aderiu quando disse que apóia a oposição do PPS à candidatura Marta Suplicy (sem defender o voto nulo, como coerentemente faz o PSOL) é a coligação do Lula menos PT e o bloquinho de esquerda, somada ao PFL e ao PSDB, que é bem melhorzinho que esses, mas não o suficiente para sequer começar a compensar as novas companhias.

 

Enfim: boa sorte na próxima, Soninha.



No Responses Yet to “Eleições 2008: Não, Soninha, não…”

  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: